FUTEBOL, A COPA E OS ENSAIOS DE PATRIOTISMO (III)

(****)http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_do_futebol_do_Brasil

  O futebol
no Brasil
começou como algo apenas praticado pela elite branca.[1][2][3]Diz-se
que a primeira bola
de futebol do país
foi trazida em 1894
pelo paulista
Charles
William Miller
.[4]
A aristocracia
dominava ligas de futebol,
enquanto o esporte começava a ganhar as várzeas.[2]
Somente na década de 1920, os negros passam a ser
aceitos ao passo que o futebol se massifica.

Durante
os governos – principalmente de Vargas
foi feito um grande esforço para alavancar o futebol no país.
A construção do Maracanã e a Copa do Mundo do Brasil (1950), por exemplo,
foram na Era
Vargas
. A vitória no Mundial de 1958, com um time comandado pelos negros Didi e Pelé, o mestiço Garrincha e
pelo capitão paulista Bellini, ratificou o futebol como
principal elemento da identificação nacional, já que reúne pessoas de todas as
cores, condições sociais, credos e diferentes regiões do país.

Introdução do esporte

Charles
Miller

Como em
muitos países, o futebol
chegou ao Brasil
nos pés de ingleses
expatriados. No Brasil, é amplamente considerado que o pai do futebol
foi Charles Miller, o filho de um empregado de
uma empresa ferroviária.
Miller, que era nascido no Brasil, foi à Inglaterra para estudar na Banister
Court School. Lá, se tornou um admirador do futebol e quando retornou ao
Brasil, em 1894,
trouxe com ele duas bolas
na mala.

SC
Internacional
e SC Germânia, uma das primeiras partidas
disputadas no país, em 1899.

Numa
tarde fria de outono
em 1895, reuni os
amigos e convidei-os a disputarem uma partida de football. Aquele nome, por
si só, era novidade, já que naquela época somente conheciam o críquete.

– Como é esse jogo? – perguntam
uns.

– Com que bola vamos jogar? –
indagavam outros.

– Eu tenho a bola. O que é
preciso é enchê-la.

– Encher com o quê –
perguntavam.

– Com ar.

– Então vá buscar que eu
encho."


Foi
assim, que, de acordo com Charles Miller, o futebol começou no Brasil, numa
entrevista dada à revista O Cruzeiro em 1952.[4]
Em 1895 houve o que
é considerado o primeiro jogo de futebol no país. Na Várzea
do Carmo
, em São Paulo, em 14 de abril,[5][6]
uma partida entre ingleses e anglo-brasileiros, formados pelos funcionários da
Companhia de Gás e da Estrada de Ferro São Paulo Railway. O amistoso terminou
em 4 a 2, com vitória do São Paulo Railway.[7]

[editar] Outras versões

Thomas
Donohoe

No
entanto, há registros que afirmam que o esporte já havia sido praticado no país
anteriormente. Em 1874,
marinheiros
estrangeiros disputaram uma partida em praias cariocas. Em 1878, tripulantes do navio Criméia
enfrentaram-se em uma exibição para a Princesa
Isabel
. Em 1886, o Colégio Anchieta, em Nova
Friburgo
, impunha regularmente a prática do futebol, por influência dos
padres jesuítas.[8][9]
O pioneirismo de Miller também é contestado pelo Bangu Atlético Clube, que afirma ser o escocês
Thomas Donohoe quem introduziu o esporte em terras brasileiras. Thomas, que era
um técnico da firma inglesa Platt Brothers and Co., de Southampton,
tinha sido contratado para ajudar na implantação da fábrica têxtil de Bangu. Em 1894, teria
ido a Inglaterra e de lá trazido uma bola, dando pontapé ao primeiro jogo de
futebol brasileiro, em maio de 1894, quatro meses antes de Miller.[10]
Já para o historiador Loris Baena Cunha, haveriam registros de uma partida
entre funcionários ingleses da Amazon Steam Navigation Company Ltd., da Parah
Gaz Company e da Western Telegraph, no Pará, em 1890.[9]

Time do Sport em 1905.

Há também
outras histórias não comprovadas. É dito que, em 1882, um homem chamado
Mr. Hugh teria introduzido o futebol em Jundiaí,
entre seus funcionários. Diz-se também que entre 1875 e 1876, no campo do Paissandu Atlético Clube, na cidade do Rio de Janeiro, funcionários de duas
companhias teriam jogado uma partida. Contudo, a hipótese a partir de Charles
Miller
é a mais aceita e difundida no cotidiano brasileiro.

Logo após
a sua introdução, o esporte começou a se difundir por outros estados. Em 1897 o estudante Oscar Cox,
regressando da Suíça, introduziu o futebol no Rio de Janeiro. A primeira equipe do estado
foi o Rio Team, formada por Cox em 1901.[11]
No Rio Grande do Sul a tarefa coube a
Johannes Minerman e Richard Woelckers, em 1900, fundadores do Sport Club Rio Grande no mesmo ano.
Na Bahia, a José
Ferreira Filho, o Zuza Ferreira, que retornara da Inglaterra
após cinco anos de estudos, em 28 de
outubro
de 1901.[12]
Em 1903 Guilherme de
Aquino Fonseca após estudar na Hooton Lown School, na Inglaterra,
voltou a Pernambuco
e em 1905 fundou o Sport Club do Recife. Vito Serpa
trouxe o esporte a Minas Gerais em 1904 e Charles Wright
ao Paraná
em 1908.[13]

 

(*****) Artigo  do adv. Mauro Lima Silveira – Alguns
comentários sobre a Lei 9.615/98.  in:   http://www1.jus.com.br/doutrina/texto.asp?id=2178
– pesquisado em 26-06-2010.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Não categorizado

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s